Mgvmgabrielamoreira

Un site utilisant unblog.fr

Archive pour la catégorie 'Textos'

Elas. Elas e mais ninguém.

Posté : 9 février, 2015 @ 10:35 dans Textos | Pas de commentaires »

elas

Tem dias em que so ela resolve. Ha dias em que acordamos e nao queremos a mae, nem o namorado, nem um sapato novo, nem mesmo o o rapaz mais perfeito. Tem dias em que a unica soluçao é uma delas por perto. Apenas Tu e Elas.
Elas, que tocam na ferda e logo fazem o curativo, muito rapidinho. Que te julgam mas nunca te condenam. Que te apontam todos os erros mas logo de seguida te mostram o caminho mais seguro. Que dizem que te vao matar se tu fizeres isso de novo mas nao te matam. Elas resgatam-te.
Elas, que sao a nossa terapia sem precisar sequer de dizer alguma coisa, pelo simples facto de estarem la, a partilhar as calorias, as frases decoradas dos filmes, as angustias secretas do nosso peito.
Elas, que estao sempre presentes, que mesmo nao estando, estao. Que mesmo quando nao nos podemos atirar para os seus braços, elas nos amparam. E que mesmo quando nos nao conseguimos nem sequer falar, contar, lamentar, mesmo que elas nao saibam de nada, o simples facto de pensar nelas ja nos acalma.
Ha dias em que o mundo parece injusto, que os dias parecem vazios, que as tecnologias parecem inuteis. Dias em que nos queremos segurar naquela mao tao conhecida, com as pontas das unhas ja sem verniz. Dias em que nos queremos o colo seguro de uma amiga. Elas que nao têm o colo acolhedor de mãe, nem o peito protector do namorado, nem o poder se um sapato novo, nem o corpo musculado e tatuado do rapaz perfeito. Elas, as unicas que discutem, apontam e julgam sem doer. Elas que dao cor a vida nos dias cinzentos. Elas. Elas e mais ninguém.

Nao sao pequenos erros que nos vao separar…

Posté : 9 février, 2015 @ 10:23 dans Textos | Pas de commentaires »

 

erros

Nunca entendi o que significa guardar rancor das pessoas. Talvez seja porque nunca consegui. Claro, ja tentei! Muitas vezes até. Quando alguém me magoava ficava a repetir para mim mesmo « deixa de ser idiota, nao perdoes! » E isso dava certo, até a pessoa chegar com aquele sorriso maravilhoso no rosto e dizer « desculpa-me, va la… ». Pronto. E ja ia para o abraço. E pensava para mim mesma « la vai a idiota perdoar mais uma vez! ».
Por nao conseguir ficar com raiva das pessoas. Por me deixar levar com apenas um sorriso e uma promessa de que nao vai acontecer de novo. Mas eu descobri que isso é lindo. Maravilhoso. Raro. Claro que te vao magoar. Sinto dizer isto, mas o teu coraçao vai ser magoado muitas vezes. Mas o segredo é atirar-se de cabeça sem se importar com as consequencias. Se tu gostas de alguém, seja de que forma for, perdoa, insiste, vai até o limite. Porque se nao der certo, pelo menos tu poderas dizer que tentaste, que fizes-te os possiveis. Nao ha nada pior do que decepcionar-se com alguém que gostamos muito e so por orgulho nao perdoar. Ficas a remoer para sempre aquela raiva misturada com o sentimento que um dia sentiste. Tu sentes-te um idiota por abrir mao de um sentimento tao grande em troca de um erro que poderia ser facilmente perdoado. Muitas vezes perdemos alguém de que gostamos porque colocamos na nossa cabeça que a pessoa nao merece o nosso perdao. Mas e se fossemos nos a cometer o erro ?
Eu nao gosto de perder pessoas. Todo o mundo erra um dia. Muitas vezes fazemos coisas que nao gostariamos de ter feito. Arrependemo-nos. E nao existe nada mehor do que ter alguém que acredite em nos. Alguém que acredite que nos podemos mudar. Alguém que diga « eu perdoo-te, porque o que eu sinto é maior do que o teu erro ». Alguém que nao suporte a ideia de perder.
Eu sou esse alguém. Eu acredito nas pessoas. Eu acredito que erros sao somente erros, e todos os cometem. Eu acredito que guardar rancor por pequenas coisas nao faz de alguém esperto, apenas torna esse alguém um idiota. Um idiota que prefere perder uma pessoa que ama, do que perdoa-la. Um idiota que acha que ninguém pode errar.
Pequenos erros nao podem separar grandes sentimentos. Lembra-te disso.

Casa-te com alguém que …

Posté : 9 février, 2015 @ 9:04 dans Textos | Pas de commentaires »

couple-sunset-silhouette-caribbean-beach-wedding

Nao tem de ser a princesa que a tua mãe sempre sonhou.
Precisa ser quem toca a tua alma, quem faz bater o teu coraçao. Muitas vezes vai ser ela a razao do teu sorriso de manha, e o teu ultimo antes de dormir. Ela precisa ser tua amiga, antes de ser tua namorada. Casa-te com alguém que te aceite por inteiro, mas que também aceite as tuas metades, que te aceite tal como és. Casa com alguém que perdoe a tua maneira de ser, alguém que perdoe aquela espreitadela bem intencionada. 
Na verdade, ser homem não é facil. Por isso, casa-te com uma mulher que te simplifique a vida. Que saiba dizer nao. E sim, quando quer dizer sim. Que sorria contigo, ou até de ti. Porque ja chega de caras amuadas. Casa-te com uma mulher que te ame e te respeite. Que fique do teu lado mesmo quando tudo der errado. Escolhe aquela que opta sempre por te ver feliz. Ela precisa de ser forte e guerreira quando é preciso, mas mesmo assim vai precisar que tu a protegas. Com essa mulher tu vais realizar sonhos, ter momentos de alegria, viver um pouco de tudo. Por isso, antes de tudo, casa-te com aquela pessoa em quem tu pensas todos os dias, aquela que nao te sai da cabeça. 
Uma pessoa que te mostre o caminho certo, antes de te apontar o erro. Aquela que nao deista de ti, de voces, ao primeiro obstaculo. Que reconheça as tuas tentativas falhadas na cozinha. Que perdoe e tente melhorar as tuas atitudes, como quando deixares a toalha molhada em cima da cama. 
Casa-te com uma mulher que chore de saudades tuas, que peça um beijo quando te achar quieto, calmo de mais. Que nao seja demasiado orgulhosa e te deixa ter razao se isso for melhorar a situaçao a meio de uma discuçao. Aquela que se esforce em te fazer companhia em ver um filme so porque sabe que é o teu favorito. Que sabe que 5 segundos chegam para te dar mais um beijo. Casa-te com alguém que te marcou desde o primeiro dia mas que so depois tiveste coragem de lhe contar. Casa-te com a menina com quem tu possas a cima de tudo construir uma grande amizade. Aquela que te percebe, que te compreenda.

Carta ao passado

Posté : 9 février, 2015 @ 6:41 dans Textos | Pas de commentaires »

carta ao passado

Querido passado, eu sei, e todos sabem, que tu foste marcante e enesquecivel. Eu sei quantas pessoas importantes passaram, e nao ficaram.
Quero te pedir que pares de usar a minha memoria, e todas as minhas lembranças. Quero te pedir que pares de me atormentar desta maneira que me deixa em baixo.
Nao sei se tu sabes, mas estas a magoar-me. Estas a prender-me, cada dia mais e mais. Estas a impedir-me de viver o presente, e assim nao posso cultivar o futuro brilhante que sempre desejei.
Nao sei se tu sabes, mas por tu ainda continuares tao vivo em mim, eu ja deixei de realizar muitos sonhos, nao cumpri todas as metas, deixei planos fracassar.
Preciso que tu me dês um tempo de paz para que eu volte a caminhar como deve ser. Eu sei que tenho muitos erros dos quais me arrepender. Mas agora não. Neste momento nao vao fazer a menor diferença.
Vamos fazer o seguinte: eu deixo-te um pouco de lado e tu paras de me culpar pelas coisas de que eu nao sou culpada, certo ? Talvez tu saibas ou talvez nao, mas eu acredito que ja paguei o suficiente por ti.
Agora, preciso de me libertar. Portanto, quero novamente poder apostar no meu futuro. Sei que nao posso simplesmente apagar-te da minha vida. Mas ja aprendi com algumas liçoes, pelo menos as mais importantes. E continuo a aprender, acredita.
O que eu nao posso é desistir, depois de caminhar tanto, depois de chegar tao longe. Nao quero que sejas apagado nem que desapareças da minha mente, apenas quero que voltes a valer a pena. Da mesma maneira que valeste quando começaste a ser construido.

 

 

Blue2046 |
Mamandanslevent |
NANOUECRIT |
Unblog.fr | Annuaire | Signaler un abus | PROFESSEUR WENZEL
| 1 carnet
| Lepetitcoinlecture